Pular para o conteúdo principal

Tarde de solidariedade reuniu artistas, músicos e celebridades em desfile beneficente

Passarela do Bem, em prol do grupo '"Somos Todas Uma', aconteceu no domingo (04), em São Paulo

Aline Oliveira, rainha da Mocidade Alegre, brilhou na 'Passarela do Bem'. Foto: Satoko Goi/Studio Tehdas.

Em prol do grupo 'Somos Todas Uma', que auxilia mulheres em situação oncológica, o evento promovido pela rede de estúdios de beleza, Lúcio Matias, teve toda a entrada e parte da renda obtida com a venda de produtos expostos, revertida para o projeto citado.

Com a abertura de Guia Santos, Andréia Segatti e Daniel Satti, a Passarela do Bem teve início com pocket shows dos músicos Allisson Rodrigues, Tuta Guedes, Paulah Gauss e sequência com o tão esperado desfile. 

A miss Flávia Cavalcanti e o idealizador do projeto
 Lúcio Matias. Foto: Satoko Goi/Studio Tehdas.
Algumas celebridades que desfilaram ao som da maravilhosa voz da cantora Francine Môh, foram as atrizes Vanessa Goulart, Renata Brás, Dayse Brucieri, Rayssa Mello, as misses Flávia Cavalcanti, Rafaella Maia, Carol Portela Otto e o cantor e ator Jotapê.

Após o desfile, o evento contou com show de dança do ventre de Vera Assad e mini apresentação da rainha de bateria da escola de samba Mocidade Alegre, Aline Oliveira. Em seguida, a festa continuou com pocket shows de Max Di Vieira e Pedro Violão.

Para finalizar, a Passarela do Bem comemorou a tarde especial em clima de confraternização, celebrada com muitos abraços, alegria e gratidão.


Postagens mais visitadas deste blog

RJ: Reame busca padrinhos afetivos para jovens preteridos da adoção

Instituição garante que referência familiar para convívio e autonomia social é algo fundamental e transformador

Situado em São Gonçalo e parceiro da nacionalmente reconhecida ONG Quintal de Ana, o Reame procura por padrinhos afetivos (presenciais, para aconselhamento e tutoria) a menores órfãos ou privados pela Justiça do convívio com a própria família. Ao alcance da maioria dos filantropos e dos bem intencionados, o programa propõe aos padrinhos doar tutoria e afeto a uma criança ou adolescente com menor probabilidade de adoção (acima de oito anos de idade) ou mesmo de reinserção em sua família verdadeira - dando-lhe, assim, referência familiar e autonomia social. Mais do que apoio financeiro, buscam-se altruístas que doem  presença e carinho.
"Quanto mais velho menor a procura por adoção. E se a reinserção familiar não é possível, o apadrinhamento afetivo torna-se o elo do tutelado com a sociedade. Trabalhamos na criança sua expectativa e ansiedade quanto a ter uma família, ir…

Nutricionista inova na criação de e-book com receitas de doces saudáveis

Alimentos traz benefícios a todos, mas auxiliam principalmente pacientes em processo de emagrecimento
A nutricionista e coach Loraine Ferraz acaba de criar uma ideia para deixar limpas as consciências das pessoas que adoram doces, mas morrem de medo dos quilos a mais: um e-book sobre essas delícias que são, por incríveis que pareçam, extremamente saudáveis. A novidade surge logo após perceber que a maioria dos pacientes formulava várias questões sobre o assunto. Além disso, o material contém dicas comportamentais. E a aquisição até 30 de outubro garante um bônus como cortesia.


Há mais de 16 anos, Ferraz trabalha com auxílios a pessoas que precisam perder peso. Além dos atendimentos presenciais, como especialista motivacional, criou um grupo online em que, semanalmente, incentiva dezenas de homens e mulheres pela reconquista de suas medidas ideais. Nos encontros, percebeu que quase todos questionavam sobre as ingestões de doces.
"Todo mundo perguntava o que podia comer como sobre…

Norton: 5 dicas para que as crianças joguem Pokémon Go em segurança

Jogo é febre mundial e foi lançado ontem no País, conheça os perigos reais aos pequenos

Pokémon Go foi lançado no Brasil após muita espera de seus fãs, pessoas de todas as idades que estavam ansiosas para capturar seus próprios “monstrinhos de bolso”. O jogo utiliza a realidade aumentada e a localização geográfica (GPS) para transportar a pessoa para o universo do desenho, usando o mundo real. O objetivo do jogador é caminhar para encontrar os Pokémons e outros itens. Apesar de muito divertido, o jogo oferece perigos virtuais e reais, principalmente para as crianças. 
Veja abaixo 5 dicas que o engenheiro de segurança da Norton, Nelson Barbosa, listou para os pais orientarem seus filhos:
1. Cuidado com estranhos. O jogo envolve interação com outros jogadores na vida real, em áreas chamadas de ginásios e Pokéstops. Neste locais ocorrem as batalhas entre Pokémons e a compra dos itens, respectivamente. Os criminosos podem se aproveitar disso para roubar as vítimas. Por isto, caso não possa…