Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Coluna Inclusiva: Inclusão para incluir nos Jogos Paralímpicos Rio 2016

*Por Gisele Rocha
Inclusão é uma palavra muito bonita que muitos gostam de pronunciar, mas quando a questão é por em prática, o “buraco é mais embaixo”. Pegando o gancho da Olímpiada e Paralímpiada Rio 2016, no RJ, me deparei com dois atletas com nanismo, orgulho demais, mas confesso que achei pouco. Acredito que as cidades, clubes e associações poderiam se envolver mais e também as próprias pessoas com a deficiência praticar e se “jogar” no esporte.
O Bruno Carrá irá representar o nanismo no Halterofilismo e o Jonatan Santos, no Atletismo. Acredito que temos outros paratletas que desconheço, não só os brasileiros, o que deixa o segmento esperançoso, e que o dever de casa está sendo feito. Em Nova Iguaçu o paratleta com nanismo, Adriel de Souza carregou a tocha, durante sua passagem pela cidade iguaçuana, isso sim é inclusão.
A participação de uma criança com nanismo na abertura dos jogos, na última sexta-feira, emocionou centenas de pessoas, fazendo com que na mesma hora, o segmento …

Norton: 5 dicas para que as crianças joguem Pokémon Go em segurança

Jogo é febre mundial e foi lançado ontem no País, conheça os perigos reais aos pequenos

Pokémon Go foi lançado no Brasil após muita espera de seus fãs, pessoas de todas as idades que estavam ansiosas para capturar seus próprios “monstrinhos de bolso”. O jogo utiliza a realidade aumentada e a localização geográfica (GPS) para transportar a pessoa para o universo do desenho, usando o mundo real. O objetivo do jogador é caminhar para encontrar os Pokémons e outros itens. Apesar de muito divertido, o jogo oferece perigos virtuais e reais, principalmente para as crianças. 
Veja abaixo 5 dicas que o engenheiro de segurança da Norton, Nelson Barbosa, listou para os pais orientarem seus filhos:
1. Cuidado com estranhos. O jogo envolve interação com outros jogadores na vida real, em áreas chamadas de ginásios e Pokéstops. Neste locais ocorrem as batalhas entre Pokémons e a compra dos itens, respectivamente. Os criminosos podem se aproveitar disso para roubar as vítimas. Por isto, caso não possa…