Pular para o conteúdo principal

RJ: 1° Congresso Brasileiro de Pessoas com Nanismo acontece entre os dias 21 e 23/10

Dia Nacional contra o preconceito a pessoa com Nanismo é comemorado com palestras e caminhada em Copacabana



Para comemorar o Dia de Combate ao Preconceito a Pessoa com Nanismo (25) a Associação de Nanismo do Estado do Rio de Janeiro (ANAERJ), irá realizar o 1º Congresso Brasileiro de Pessoas com Nanismo, entre os dias 21 e 23 de Outubro, com atividades de entretenimento, palestras sobre saúde e conscientização. O nanismo passou a ser considerado como deficiência no ano de 2004, através do decreto 5.296.

A data 25 de Outubro ficou oficial no mundo, em homenagem ao já falecido ator norte-americano Billy Barty, que tinha nanismo e foi uma das primeiras pessoas a lutar contra o preconceito. No Brasil, o projeto de lei nacional ainda tramita em Brasília, mas nos estados do Rio de Janeiro e Santa Catarina, a Lei já está sancionada.

Liana Hones, representante da Comissão Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Assembleia  Legislativa de Santa Catarina, destacou que o estado foi pioneiro em criar a Lei n. 16.615/15 que instituiu o dia da Pessoa com Nanismo e que esse ato motivou a conquista em outros estados, “Mas apenas a lei do dia não é o suficiente; temos que desenvolver uma série de ações” destacou Liana.

O objetivo do evento é tornar a causa conhecida pela sociedade, promovendo a inclusão e a troca de experiência com a participação ativa das pessoas com nanismo, familiares e profissionais relacionados a essa deficiência. O ator com nanismo diástrofico, Gigante Léo, participa da abertura, contando o dia a dia da deficiência de um jeito descontraído. No segundo dia, uma junta médica, vai abordar os principais problemas de saúde relacionados à deficiência, tirando dúvidas dos mais de 400 tipos e subtipos de nanismo. Já no terceiro dia, uma caminhada na orla de Copacabana, encerra as atividades de comemoração da data.

O debate sobre essa patologia é essencial para tornar visível as políticas públicas e assim possivelmente melhorar na qualidade de vida dessas pessoas que lutam para ultrapassar as barreiras sociais, culturais, científicas, mas, sobretudo, as barreiras reais do preconceito”, afirmou a presidente da ANAERJ, Kenia Maria Rio.

As inscrições acontecem até o dia 10 de outubro, pelo site www.congressonanismo.com, no valor de R$65 e as camisas para a passeata de Copacabana, podem ser adquiridas via depósito, com retirada no dia do evento, através dados da conta: Banco Bradesco / Ag: 3176-3 / Conta: 445533-9 / CNPJ: 09014559/0001-45 - ANAERJ

Confira a programação completa no site www.congressonanismo.com 

Mais informações pelo e-mail: emailcongressonanismo@outlook.com

Postagens mais visitadas deste blog

RJ: Reame busca padrinhos afetivos para jovens preteridos da adoção

Instituição garante que referência familiar para convívio e autonomia social é algo fundamental e transformador

Situado em São Gonçalo e parceiro da nacionalmente reconhecida ONG Quintal de Ana, o Reame procura por padrinhos afetivos (presenciais, para aconselhamento e tutoria) a menores órfãos ou privados pela Justiça do convívio com a própria família. Ao alcance da maioria dos filantropos e dos bem intencionados, o programa propõe aos padrinhos doar tutoria e afeto a uma criança ou adolescente com menor probabilidade de adoção (acima de oito anos de idade) ou mesmo de reinserção em sua família verdadeira - dando-lhe, assim, referência familiar e autonomia social. Mais do que apoio financeiro, buscam-se altruístas que doem  presença e carinho.
"Quanto mais velho menor a procura por adoção. E se a reinserção familiar não é possível, o apadrinhamento afetivo torna-se o elo do tutelado com a sociedade. Trabalhamos na criança sua expectativa e ansiedade quanto a ter uma família, ir…

Combata os males do século com os benefícios da homeopatia

Depressão, ansiedade, angústia e fobias podem ser tratadas com esta terapia que equilibra o corpo e a alma

Vivemos em um mundo onde tudo é “para ontem” e temos de nos desdobrar para darmos conta de todos os afazeres diários. E quando se trata das mulheres, em que a jornada de trabalho é dupla (ou tripla), não há como manter uma rotina equilibrada e com qualidade de vida. Assim, há quem recorra às terapias tradicionais, onde psicólogos e psiquiatras dão diretrizes e medicamentos para conter os malefícios deste cotidiano turbulento. Porém, e quem rejeita esta solução?

A homeopatia é uma das saídas para diversas situações. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o Brasil é o país com mais pessoas depressivas na América Latina, em torno de 5,8% da população. Este número comprova que 11,5 mil brasileiros sofrem desta doença. E assim como a depressão, Eliete M. M. Fagundes, coordenadora do curso tradicional de Formação em Ciência da Homeopatia do Instituto Tecnológico Hahne…

Doutores de Esperança recebem novos voluntários em Volta Redonda, na região Sul Fluminense

Volta Redonda, RJ. O grupo de humanização hospitalar "Viver de Rir - Doutores de Esperança", projeto da ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais), promoveu na noite do último sábado uma cerimônia de formatura para os 100 voluntários da 6ª turma. O encontro aconteceu na Igreja Adventista do Sétimo Dia, em Volta Redonda. O projeto, que começou com dois trios de voluntários, hoje reúne mais de 150 pessoas. 
Treinos intensos, palestra sobre ética no voluntariado, capacitações diversas sobre conduta hospitalar e biosegurança, iniciação a palhaçaria, personagem, make up e figurino, visitas em hospitais e asilos. Para ser um voluntário do grupo, é preciso ter muita força de vontade e amor ao próximo, pois os trabalhos são realizados aos sábados e domingos. Os Doutores de Esperança já estão conhecidos na região Sul Fluminense por "especialistas em despertar sorrisos e emoções", além de colaborarem na recuperação dos pacientes.
O mais novo integr…